Selecione seu idioma

domingo, 25 de março de 2012

Maestros de Sonhos


Google

Diante de milhares de informações sobre as mudanças climáticas, existe um fato irrefutável: as mudanças climáticas são reais, e  é um consenso de todos os especialistas do clima.

Você não acredita, mas os fatos estão relatados na mídia, diariamente, que comprovam a realidade das mudanças climáticas.

Não é  uma questão acadêmica, restrita à selecionado público.

Outro fato incontestável, os diferentes links climáticos: furacões, tornados, vulcões, terremotos, desorientação dos animais, ondas de frio e de calor, inundações, correntes dos ventos, correntes oceânicas, oxidação dos oceanos, e a elevação brutal da temperatura, nas últimas décadas,  chuvas intensas e concentradas, causando inundações catastróficas, e derretimento das geleiras.

Negar o óbvio é estupidez inominável.

Causa espanto a generalizada indiferença diante dos graves acontecimentos.

Causa espanto, também, o nosso despreparo para enfrentar as dramáticas mudanças climáticas, principalmente nos grandes centros urbanos, desprotegidas e desavisadas.

Inegável é o fracasso dos "Maestros de Sonhos", em dirigir a complexa orquestra de instrumentos naturais, sendo executados pela Mãe Natureza.

Não existe uma partitura musical teórica que assinale qual será o próximo movimento das forças naturais, a ser executado.

Os "Maestros de Sonhos" nunca foram capazes de corrigir os sons dos desafinados tambores de guerras.

Seriam capazes de entender, interpretar e dirigir os sons da Natureza?

Os "Maestros de Sonhos" Não harmonizam os instrumentos da economia mundial, que provocam desigualdades sociais, fome, miséria, corrupção, exclusão social.

Os "Maestros de Sonhos", não harmonizam os sons dissonantes do racismo, dos preconceitos religiosos, políticos e étnicos.

Os "Maestros de Sonhos" não afinam seus instrumentos, nas Assembleias da ONU.

Os "Maestros de Sonhos", fantasiados com roupas sofisticadas, produzidas por costureiros famosos, só sabem fazer mímica teatral diante dos microfones e das câmeras fotográficas da mídia oficial, subordinadas às verbas publicitárias.

Determinam a pauta das redações,  mas não sabem ouvir os sons da Mãe Natureza, e mesmo que ouvissem, não estariam autorizados a revelar.

Google

Os sons da Natureza causam prejuízos financeiros aos patrocinadores das notícias pasteurizadas e desidratadas, transmitidas diariamente pelos telejornais.

O público está indiferente às mudanças climáticas, porque ao longo de séculos de alienação, desaprendeu a ouvir os sons da Natureza.

Os "Maestros de sonhos" não ensinam educação musical crítica, e afinamento contextualizado das notas musicais, aos executantes da orquestra universal, composta por sete bilhões de participantes.

Os "maestros de sonhos" só sabem, com maestria e desenvoltura, dirigir os sons da diversão, consumismo desenfreado, ou dos ruídos das armas de guerra.

Conhecem e sabem distinguir muito bem o som dos canhões, mas não conhecem os gemidos dos golfinhos, das baleias, dos elefantes ou dos pinguins.

Os "Maestros de Sonhos" sabem levantar  a "Batuta" de Maestro" somente durante as campanhas eleitorais bilionárias, mas depois de eleitos, esquecem de comparecer aos ensaios, e quando o espetáculo da Natureza começa, não conhecem o roteiro musical a ser executado, e estão perdidos.

90% de todas as riquezas produzidas pela humanidade foram consumidos em armas de guerra.

Os outros 10% estão concentrados nas mãos de uma minoria de privilegiados hereditários.

90% dos seres humanos que habitaram, habitam, e habitarão o Planeta Terra, morreram ou morrerão de fome, de sede, ou de diarréia.

Existe alguém que  acredite na capacidade dos "Maestros de Sonhos", em encontrar soluções diante dos desafios climáticos?

Os "Maestros de Sonhos" sabem produzir belíssimas fotografias, cardápios saborosos, passeios turísticos deslumbrantes, exibições cinematográficas em 3D, iludir às pessoas com pequenas e insignificantes ações isoladas que não harmonizam a orquestra de forma alguma, pruzindo lixo cultural em escalas geométricas.

Os "Maestros de Sonhos" sabem escrever textos otimistas, iludindo os ignorantes...

Sabem fazer filmes espetaculares colocando em dúvida os futuros acontecimentos climáticos e geológicos...

Sabem construir estádios de esportes para fazer o povo esquecer, ou nem tomar conhecimento do que nos aguarda num futuro bem próximo...

Sabem ridicularizar e por em dúvida quem descobre a "escuridão da caverna", e que sair...

Sabem manejar os instrumentos da economia mundial, para esconder das pessoas, a realidade ameaçadora que está próxima...

Google

"Maestros de Sonhos" são exímios em "sonhos", desconhecem e não saberiam enfrentar a "dura realidade" de quem nunca pode sonhar, e a vida é um eterno pesadelo, em áreas de riscos iminentes.

Você decide: Acredite ou não nesta série de avisos emitidos pelo Earth Day, para nós não fará nenhuma diferença, a não ser a intensa dor diante do sofrimento alheio.

Nós já iniciamos a contagem regressiva: 2.100: (Contagem regressiva) Faltam 32.082 dias - http://dia-da-terra.blogspot.com/2012/02/2100-contagem-regressiva-falta-32119.html?spref=tw  
Dia da Terra
RUI SANTOS DE SOUZA
Brasil, Curitiba, 25 de março de 2012- 17h:41