Selecione seu idioma

domingo, 1 de maio de 2011

Irracionais: Eles, ou nós?

As formigas vivem um sistema altamente complexo de sociedade, comunicam-se entre si, sabem quando vai chover, têm um sistema de hierarquia social altamente definido, são cooperadoras na própria comunidade, e muitos outros indícios claros de inteligência...

Os Golfinhos vivem de forma altamente sofisticada, comunicam-se, brincam, caçam, interagem socialmente, participam da vida social de outras espécies, de formas surpreendentes...

Os cães sabem ler os pensamentos de seus donos, são capazes de atividades altamente complexas, instintos e sensibilidades altamente apuradas...

As Tartarugas, depois de navegar por todos os oceanos do Planeta Terra, sabem voltar ao ponto exato em que nasceram...

O Salmão sabe retornar ao ponto exato em que nasceu, capaz de vencer inúmeros obstáculos para retornar...

Os pombos e os Falcões sabem viajar à longas distâncias, cumprir tarefas complexas, e retornar ao ponto de origem...

O Cavalo conhece sua habitação, e mesmo depois de derrubar sua montaria, sozinho, sabe retornar...

Os Sapos e as Serpentes sabem quando vai ocorrer um terremoto...

Os pássaros, de diferentes famílias, sabem viajar por todo o Planeta Terra, buscando os climas próprios, de cada estação climática do ano, sabem quando vai chover ou não, e sabem ainda se a chuva vai ser de granizo...

Os Pinguins sabem proteger-se das temperaturas baixas, formando um bloco compacto de auto-aquecimento...

A Barata sabe quando vai chover...

Os Morcegos sabem navegar, na escuridão da noite, mesmo cegos...

Quase todas as espécies amfíbias e de reptéis sabem mudar de cor, fazer clamufagens, para proteger-se dos predadores naturais, e caçar suas presas...

Observando a Mãe Natureza, constatamos a inteligência altamente sofisticada de todas as espécies não humanas, portadoras e usuárias de formas altamente sofisticadas e complexas de vida inteligente, social e natural, que nem mesmo consequimos ainda entender, apesar de todo o nosso arsenal tecnológico disponível no mundo moderno...

Os Elefantes constitem famílias, choram seus mortos, e possuem cemitérios...

Os Símios desfrutam de um padrão de vida intelectual, afetiva, social, tecnológica, cultural, e familiar, bem similar ao padrão da espécie humana...

A exclusividade e a posse única de vida racional à espécie humana, é um mito da Idade Média, quando o Conhecimento e a Ciência estavam prisioneiras nas masmorras de uma teologia sanguinária, assassina e bestial...

Baleias, Leões, Tigres, Abelhas, enfim, todas as demais espécies, são possuidoras de sensibilidade social, inteligentes, cooperativas, e só caçam para comer e auto-defesa, nenhuma, jamais foi constatado, ataca e mata por instinto perverso gratuito, ou por motivo fútil...

Quem são os "Irracionais"? Eles, as demais espécies, ou nós os humanos?



Quais são as nossas principais características naturais?



Guerras em nome de deuses sanguinários, bestiais, que alimentam-se do sangue dos infiéis...

Ataques terreroristas covardes, contra mulheres, civis desarmados e não treinados militarmente, e contra crianças indefesas...

Capitalismo selvagem, destruidor de vidas humanas idealistas, sufocadas por um sistema de aviltamento dos salários, falta de condições dignas de vida, alimentos, estudo, casa, saúde e segurança pública...

Políticos corruptos, altamente bestiais, que roubam cinicamente o dinheiro público, destinado aos programas sociais, de obras essenciais ao bem-estar dos cidadões que trabalham arduamente pagando extorssivos impostos, taxas, multas, licenças, e todas as diferentes espécies sórdidas de eufemismos para camuflar a verdadeira intenção: roubar...

Estados Autoritários, que praticam o genocídio, geopolíticas dominantes, acobertam a corrupção, violam os Direitos Humanos, incentivam a impunidade, e cometem aberrações morais sob o manto de uma travestida legalidade absolutista e imoral...

Brigas de vizinhos,

guerra no trânsito das grandes cidades,

terrorismo urbano interno,

assaltos,

homicídios fúteis e gratuitos,

divórcios,

ganância,

ódios,

maledicências,

rancor,

difamação,

calúnias,

juízos precipitados,

hipocrisias,

falsidades,

traições,

invasões da privacidade alheia,

destruição da natureza,

poluição dos rios,

oxidação dos oceanos,

extermínio premeditado e desnecessário de todas as outras espécies,

contaminação do ar que respiramos e dependemos para viver,

destruição covarde e irresponsável das florestas,

eliminação de todos os recursos naturais não renováveis,

bêbados,

drogados,

armados,

invadir escolas e orfanatos para matar crianças inocentes...

depredar patrimônios públicos...

violações dos Diretos Humanos e dos Direitos Naturais das demais Espécies diferentes de nós...


Irracionais: Eles ou Nós?


RUI SANTOS DE SOUZA
Brasil, Curitiba, 01 de Maio de 2011 - 13h:29
Dia Mundial em homenagem ao Trabalhador