Selecione seu idioma

terça-feira, 17 de novembro de 2015

É proibido sonhar!



É proibido sonhar!

Sonhar com um mundo melhor é impossível, acordamos, estamos sendo despertados pelo pesadelo da realidade diária, e sonhar ficou proibido.


A estupidez humana inviabilizou qualquer possibilidade de sonhar com um mundo melhor.

Quando temos a esperança de construir e ver um mundo melhor, somos despertados pelas ações e atitudes dos native imbeciles que transformam nossos sonhos em pesadelos.

Regredimos, bem que tentamos ser civilizados, mas fracassamos.

O número de native imbeciles é muito superior ao de civilizados.

Os native imbeciles destruíram as florestas.

Poluíram os rios.

Oxidaram os oceanos.

Exterminaram os meios ambientes.

Extinguiram as biodiversidades.

Transformaram os ricos e variados ecossistemas em imensos desertos estéreis, sem vida.

Ignoraram e zombaram das conseqüências catastróficas ao transformarem as riquezas naturais em simples lixo.

Os nativos imbecis transformaram nossos sonhos dos tempos passado em pesadelos do tempo presente.

Se não bastasse e não fosse o suficiente, depois de destruírem o Planeta Terra, e todas as demais espécies, agora, hoje, neste exato momento, estão autodestruindo a própria espécie.

Estamos diante de uma autodestruição civilizatória sem precedentes na história antropológica da nossa espécie.

Autodestruição social.

autodestruição econômica.

Autodestruição cultural.

Autodestruição ambiental.

Autodestruição intelectual.

Autodestruição política e administrativa.

Não existem florestas para caçar, rios para pescar,  lugares seguros para passear, a alimentação acabou,  a água desapareceu, ar está poluído, e os oceanos inavegáveis, decidimos caçar uns aos outros.

Transformamos nossas cidades em campos de batalhas.

Jogamos bombas em nossas próprias crianças.

Os sábios, pensadores,  idealistas,  sonhadores, visionários do bem estar humano, os humanos civilizados desapareceram, foram extintos.

Os native imbeciles venceram a guerra, dominaram o mundo, e pior, decretaram que é proibido sonhar com um mundo melhor, mais justo, mais seguro, mais fraterno, mais idealista, mais plural, mais diversificado.

Os native imbeciles querem transformar o nosso sonho de paz em uma montanha de lixo.

Invadem cidades, matando vítimas civis, inocentes, indefesas, desprotegidas, e o mais escandaloso: bebem o sangue de inocentes em nome de um Deus assassino, sanguinário, diabólico, dando tiros covardes em civis desarmados, jogando bombas, disseminando o medo, pânico  e o terror.

Os native imbeciles proibiram sonhar!

Sonhar só traz pesadelos!

E o resultado médico clínico de não sonhar, sabemos todos,  é a loucura dominante da espécie humana.

Pois quem não sonha, enlouquece.

O homem morre no dia que deixa de sonhar.

A espécie humana morreu, acabou, está extinta.

Não podemos sonhar.

Os native imbeciles transformaram o Planeta Terra num grande hospício, habitado por zumbis proibidos de sonhar.

Só nos resta a insanidade global, a loucura total, autodestruição apocalíptica, que Deus e o Diabo não foram capazes de imaginar.

Dia da Terra
Brasil, Curitiba, 17 de novembro de 2015.



It is forbidden to dream!
Dream of a better world is impossible, we agree, we are being awakened by the nightmare of daily reality and dream was prohibited.

The human stupidity prevented any possibility of dreaming of a better world.

When we hope to build and to see a better world, we are awakened by the actions and attitudes of native imbeciles that transform our dreams into nightmares.

We regress and we try to be civilized, but failed.

The number of imbeciles native is far superior to the civilized.

The imbeciles destroyed native forests.

Polluted rivers.

Rusted oceans.

Exterminated environments.

They extinguished the biodiversity.

They turned the rich and varied ecosystems in vast barren deserts, lifeless.

They ignored and mocked the catastrophic consequences to transform the natural resources in plain garbage.

Fools native turned our dreams of times past in the present tense nightmares.

Not only that enough, after destroying the Earth, and all other species, now, today, right now, are self-destructing his own species.

We are facing an unprecedented civilizational self-destruction in the anthropological history of our species.

Social self-destruction.

economic self-destruction.

Cultural self-destruction.

Environmental destruction.

Intellectual self-destruction.

Political and administrative self-destruction.

There are no forests to hunt, to fish rivers, safe places for sightseeing, food is over, the water disappeared, the air is polluted and unnavigable oceans, we decided to hunt each other.

We transform our cities into battlefields.

We throw bombs in our own children.

The scholars, thinkers, idealists, dreamers, visionaries of human well-being, the civilized human disappeared, became extinct.

The imbeciles native won the war, dominated the world, and worse, decreed that it is forbidden to dream of a better, fairer, safer, more fraternal, more idealistic, more plural, more diverse.

The native imbeciles want to turn our dream of peace on a mountain of garbage.

Invade cities, killing civilian casualties, innocent, defenseless, unprotected, and the most outrageous: drink the blood of innocents in the name of a God killer, bloodthirsty, evil, giving cowardly shots at unarmed civilians, dropping bombs, spreading fear, panic and The horror.

The imbeciles native banned dream!

Dreaming only brings nightmares!

And the clinician result of not dreaming, we all know, is the dominant madness of mankind.

For who does not dream, mad.

Man dies on leaving dreaming.

The human species died, eventually, is extinct.

We can not dream of.

The imbeciles native turned the Earth into a large hospice, inhabited by zombies forbidden to dream.

We can only global madness, total madness, apocalyptic self-destruction, that God and the devil were not able to imagine.

Earth Day

Brazil, Curitiba, November 17, 2015.