Selecione seu idioma

quarta-feira, 14 de junho de 2017

A corrupção no Brasil ultrapassou todos os limites inaceitáveis...




Ultrapassou todos os limites de desordem...

Ultrapassou todos os limites da indecência...

Ultrapassou todos os limites da criminalidade inaceitável...

Ultrapassou todos os limites do caos econômico, social, administrativo, jurídico e políticos inaceitáveis...

Ultrapassou todos os limites do insuportável...

Ultrapassou todos os limites do absurdo...

Deixou de ser da competência da PGR...

Deixou de ser da competência do MPF...

Deixou de ser da competência da PF...

A "Pátria foi, está sendo agora, e continuará sendo ultrajada" pelos corruptos instalados nas mais altas esferas da República, organizados em quadrilhas criminosas altamente sofisticadas...

Deixou de ser da competência dos incompetentes TSE e STF...

A corrupção no Brasil, ao ultrapassar todos os limites de grave ameaça  ao Brasil, materializou-se numa gravíssima ameaça à Segurança Nacional, exigindo imediatas, excepcionais e urgentes providências...

A solução, por mais dolorida que seja, mas "não existe parto sem dores", exige a união de forças, ou seja, os Comandantes Militares da FAB, Exército e Marinha, a Presidente do STF, PF, MPF e PGR, numa ação conjunta, exigirem a obediência rigorosa às leis, que devem "ser iguais para todos", e  obedecidas coercitivamente, se necessário.

E todas as outras medidas excepcionais que forem necessárias para o restabelecimento da "Ordem" e do "Progresso" Nacional.

Nossa última palavra sobre corrupção no Brasil, na certeza que cumprimos o dever de lutar em defesa da "Pátria Amada, Brasil".

Brasil Acima de Tudo, e de Todos!

Viva o Brasil, Fora "Todos" os corruptos!

Desejamos sinceramente estar errados, mas não adianta continuar falando diante da inércia e indiferença por parte de quem pode agir efetivamente para estancar a sangria.

Brasil, Curitiba, 14 de junho de 2017


PS. continuaremos vigilantes, prontos para entrar em ação, se a Pátria exigir, mas voltaremos à  nossa proposta inicial de alertar sobre as ameaças que as mudanças climáticas representam para as próximas gerações.